The help stockett pdf

  • admin
  • Comments Off on The help stockett pdf

Phelan, e o seu relacionamento com duas empregadas negras durante a era the help stockett pdf dos Direitos civis nos Estados Unidos de 1960. Em 29 de Janeiro o elenco recebeu o Screen Actors Guild Awards de Melhor Elenco em cinema.

Ela trabalha para a família Leefolt, tendo principalmente cuidado dos filhos de Elizabeth Leefolt, uma jovem que sofreu com depressão pós-parto,que se recusa a dar afeto à sua filha exceto, quando disciplinando-a. Enquanto o grupo social de Skeeter frequentou a faculdade para encontrar maridos, Skeeter ganhou uma orientadora e continua a ser única, para grande desgosto de Charlotte, sem marido e que aspira a ter uma carreira de escritora de sucesso. Hilly faz Minny ter dificuldades em encontrar um novo emprego, afirmando falsamente que ela havia roubado dela. Como resultado, o marido abusivo de Minny obriga a filha a deixar a escola para trabalhar como empregada doméstica. Hilly, que ela nunca superou o fim do relacionamento. Celia informa a Minny que ela está grávida. Direitos Civis em recém desenvolvimento devem ser de curta duração.

Skeeter, Aibileen e Minny percebe tarde em sua escrita do livro é que algumas histórias são muito conectadas com particulares empregadas domésticas e familiares, e começam a se preocupar se elas serão expostas. Assim, Minny, como uma forma de “seguro”, revela a história “Terrível do terrível” para assegurar que os empregadores não vão retaliar, para que não se confirmar segredos de família. Skeeter, tendo escrito o “Terrível do terrível” no projeto, decide adicionar uma última história: a de Constantine. Ela confronta sua mãe para falar a verdade.

Charlotte revela que, durante um almoço com as Filhas da Revolução Americana, a filha de Constantine, Rachel, chegou e desobedeceu a ordem de Charlotte para entrar pela cozinha, envergonhando-a muito no processo. A fim de salvar a face, Charlotte demite Constantine e ordena que ela e Rachel saia imediatamente. Charlotte se oferece para ajudar Skeeter se preparar para este movimento de mudança de vida de Jackson para Manhattan. Em conclusão, Hilly está de volta às suas velhas formas: sabendo que ela não pode ter Aibileen presa por seus escritos, sem expor-se, ela então pretende enquadrar-la por roubo de alguns talheres de prata emprestados. Aibileen tenta manter-se firme timidamente no início, enquanto Elizabeth tenta deixar o assunto passar. Hilly pressiona a questão até o ponto onde ela diz a Aibileen que ela será presa.

Em dezembro de 2009, a Variety informou que Chris Columbus, Michael Barnathan e Michael Radcliffe iriam produzir uma adaptação cinematográfica do livro The Help. Brunson Green da Harbinger Productions também irá co-produzi-lo. O filme será roteirizado e dirigido pelo amigo de infância da escritora do romance, Tate Taylor. A notícia da primeira adição do elenco veio em março de 2010, quando foi divulgado que Emma Stone fora anexada ao projeto para desempenhar o papel de Skeeter Phelan.

Octavia Spencer, que vai interpretar Minny. As filmagens de The Help estavam previstas para começar em julho de 2010 e se estender até outubro. Brunson Green disse que esperava gravar noventa e cinco por cento do filme por lá. Dreamworks, ele os presenteou com um álbum de fotos de possíveis pontos onde filmar na área.

O programa estadual de incentivo fiscal para cineastas também foi um atrativo fundamental na decisão. Cenas do escritório do fictício Jackson Journal foram filmadas em Clarksdale, no prédio que antigamente abrigou o Clarksdale Press Register por quarenta anos até abril de 2010. O filme teve aclamação por parte da critica especializada e grande aceitação por parte do publico. Embora indiscutivelmente duro ao discorrer sobre temas raciais, Histórias Cruzadas se sobressai na força do seu elenco, particularmente Viola Davis , cujo desempenho é poderoso o suficiente para levar o filme nas costas. O site Metacritic que atribuiu pontuação numa média de 100 á opiniões de críticos convencionais, dá ao filme um pontuação de 62 com base em 41 comentários.